Rate this post

As pessoas que continuamente têm as calorias que consomem acreditam que o corpo é uma simples calculadora que só soma ou subtração: se consumir muitas calorias e não queimadas suficientes para ganhar peso. Se você comer além da conta e reduz o exercício, você ganha peso.

Mas o que não te contam é que fazendo exatamente isso (contar de forma obsessiva, cada grama) faz com que o metabolismo responde de tal forma que acabar tendo mais fome, nunca mais energia, aumenta a ansiedade e a diminuição da taxa metabólica. Quase nada. Este efeito de compensação do metabolismo –cuja existência é indiscutível nas pesquisas sobre perda de peso– significa que quanto mais empurramos para o nosso metabolismo em direção a um objetivo, ele pode empurrar com mais força para o outro extremo.

Aqui você tem 5 mitos sobre o metabolismo e a perda de peso.

Primeiro mito: O corpo pode queimar gordura facilmente ao mesmo tempo em que ganha músculo. Para qualquer pessoa que começa a fazer exercício, ou os que utilizam hormonas anabólicas para ganhar massa muscular e queimar calorias ao mesmo tempo é muito difícil. É melhor focar em um objetivo, e depois, ir para o outro.

Segundo mito:tudo que você tem que se preocupar com as calorias. Os hormônios influenciam diretamente na quantidade e no que comemos. Portanto, desempenham um papel fundamental na hora de conseguir os seus objectivos. As calorias importam, é claro, mas não são o ingrediente mágico para uma dieta funcionar. E concentrar-se apenas na ingestão e gasto de calorias é o principal defeito da tradicional rotina: comer menos e se exercitar mais.

Terceiro mito:Os hormônios trabalham de forma isolada e podem ser boas (como a do crescimento humano) ou más (como o colesterol). O metabolismo usa hormônios para enviar mensagens sobre como operar em outras partes do corpo. Os hormônios trabalham de forma conjunta (com o objetivo de descobrir se você está passando por um caos hormonal) e a sua função fundamental depende da combinação de hormônios produzidos.

Quarto mito:Não se pode avaliar o equilíbrio de hormônios sem uma análise de sangue. As análises são necessários para diagnosticar doenças, mas há sinais como por exemplo, a fome, a energia ou os desejos que temos, que podem nos dar uma boa (e subjetiva) idéia de que a atividade de hormônios de nosso metabolismo e seu equilíbrio.

Quinto mito:O metabolismo das pessoas magras e as que têm excesso de peso funciona da mesma forma. As pessoas com excesso de peso e obesidade têm múltiplos desequilíbrios hormonais que fazem com que seja mais difícil para eles para controlar a fome, os desejos e se sentem menos motivados para fazer exercício.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR: COMO ACELERAR O METABOLISMO